Quem já sentiu um desejo irresistível de comprar algo, sem conhecer o conteúdo, pois caiu de amores por uma embalagem ?

Aconteceu comigo! Um dia desses fui passear em um shopping center e ver as novidades, entrei em uma perfumaria e fiz o que sempre faço quando vou explorar algum lugar: liguei minha antena parabólica e dei uma sondada geral nos quatro cantos da loja. Entre caixas e frascos de perfume, meu olhar foi insistentemente  atraído por uma embalagem de um alaranjado raro, com uma estampa  de uma linda mulher, misteriosa e muito feminina, a segurar um frasco sugerindo-me uma poção mágica.

Pronto. Apaixonei!

Acreditem ou não, comprei o perfume sem experimentá-lo. Eu amei a embalagem e o frasco de cor âmbar e também a possibilidade de ser surpreendida por um aroma original. Queria mesmo era chegar rapidamente no meu atelier  e experimentar misturas para conseguir esta belíssima cor chamada âmbar, que não é amarela, mas também não é laranja. Depois é que eu abriria o frasco e experimentaria o conteúdo.

Quanto à alquimia de cores? Ainda continuo tentando encontrar o tom…

Quanto à fragrância?  Não desiludiu. Tem um delicioso aroma floral e parece-me ter um  dissimulado toque oriental, aquele cheirinho gostoso a madeiras exóticas que ao fim de algum tempo deixa resquícios indefinidos que nos seduz sem nos darmos conta…

E vocês? Já se apaixonaram por uma bonita embalagem e compraram o produto sem experimentar antes?

 

Âmbar , Jesus Del Pozo

Âmbar, Jesus Del Pozo