Eu gosto de ser mulher! De ser carinhosa para comigo e de vez em quando fazer uma “loucurazinha” e presentear-me com algo que me encante e que me faça sonhar; como aquele vestido azul escuro, bordado a lantejoulas, da Dolce & Gabbana, voluptuoso, brilhante, lindíssimo, que aguçou meus sentidos e até deu uma “dorzinha” de consciência quando não suportei e entrei na loja. Cantarolando levei-o para casa. Fez-me tão FELIZ!

Mulheres, a vida exige-nos que sejamos fortes Guerreiras que às vezes acabamos nos abstraindo deste lado tão importante que é a feminilidade. São tantas obrigações: casa, trabalho, filhos, e os mais diversos tipos de atividades, que às vezes nos acomodamos e vamos deixando isso para o último lugar. Por favor! não descurem deste lado! por mais que a vida seja exigente, temos que arranjar tempo para cuidarmos de nós. Lembrem-se: de vez em quando colocar aquele vaso de rosas perfumadas no seu cantinho preferido, enfeitar o banheiro com aquelas toalhas fofinhas bordadas com um lindo monograma; ouvir aquela música deliciosa que nos faz flutuar e sonhar; usar aquela lingerie lindíssima que compramos faz tempo e ainda não estreamos; caprichar na maquilhagem e experimentar novas cores; tomar aquele banho de imersão demorado e depois preparar aquela lagosta deliciosa regada a vinho branco, “exclusivamente” para nós, precisamos desses momentos a sós com nosso eu.

Arrumem-se para vocês com esmero! não pensem que isso é somente pura vaidade, mas sim um ato de amor e respeito para conosco. Trabalhamos tanto, nos esforçamos tanto e ainda arranjamos tempo para cuidar dos outros e porque não de nós? Tantos detalhes que na correria do dia a dia o nosso lado feminino acaba sendo menosprezado. Por isso, parem um pouco…respirem fundo… sejam delicadas e cubram vocês de “miminhos” e faça também uma “loucurazinha” de vez em quando e não somente em datas especiais. Nossa auto-estima aumentará consideravelmente e estaremos aptas para travar novas batalhas pois o nosso “coraçãozinho” baterá mais compassado, mais feliz e seremos mais amorosas para com os outros.
Não queremos hipertensões e nem depressões, não é mesmo?

Então digam-me… Qual foi a última vez que tiveram uma atitude de carinho para com vocês?

marina_mourao_dolce_gabbana_art