Fiquei a conhecer o capote alentejano quando visitei pela primeira vez, a Feira Nacional do cavalo, Golegã. Não pude deixar de reparar nesta lindíssima peça de roupa, que homens e mulheres, cavaleiros ou não, trajavam durante a noite de São Martinho. Noutro post, mais à frente, falarei com mais detalhes sobre este santinho e  sobre a famosa feira nacional do cavalo que acontece todos os anos na Golegã,  acolhendo visitantes do mundo inteiro. Desde que vivo cá em Portugal, vou todos os anos. Amo!

Então vamos ao capote alentejano…

É uma vestimenta feita em lã grossa, com várias camadas de tecidos, a parte de cima é parecida com uma  pelerine  e existe em tamanho longo e mais curto, na altura do joelho, complementado por uma gola fofinha forrada por fora com pêlo de raposa, portanto muito quentinho. Fica super bem com botas de cano longo e pode ser usado com calças, saia, vestidos. Antigamente era traje dos pastores que andavam pelas descampadas  planícies alentejanas,  para protegerem-se do frio extremo. Alguns pastores  usam-no até hoje mantendo assim a tradição

O típico capote alentejano  desde então, peregrinou através das planícies até as grandes cidades portuguesas  e também para Londres, Paris…e suponho que para muito mais países. Já senti vontade de adquirir um noutros tempos, mas fui adiando, até bater o olho numa cor diferente de todas que eu já tinha visto, um tom maravilhoso de rosa, que lembrou-me a capa dos toureiros…Apaixonei! As cores clássicas do capote são os tons de  castanhos, verde garrafa, cinzentos e preto. Para alegria da mulherada, lançaram novas tonalidades e foi nesse “contexto” que encontrei o meu lindo capote, comprei-o na Casa das Peles, lá existe nas cores amarelo ocre, azul ultramar, terracota e outros tons que agora não me lembro… Para mim, o rosa ofuscou todos os outros. O capote  alentejano então foi adaptado aos tempos de hoje e se tornou num agasalho super fino!  qualquer mulher fica bastante estilosa dentro dele.

Meu look: Capote alentejano, chapéu de cavaleiro, rosas coloridas, saia e blusa animal print, colete bordado com  missangas e botas cano alto, em couro,  feitas artesanalmente. Colorido, não é? mas é assim que sou. Amo o arco-íris!

E  que viva a tradição!

Deixo aqui algumas fotografias e gostaria de ouvir  a vossa opinião…Se fossem comprar um capote, qual cor escolheriam?

Beijinhos!

 

Meu capote alentejano lembra-me uma capa de toureiro

Meu capote alentejano lembra-me uma capa de toureiro

 

As mangas do capote alentejano são meio soltas, para facilitar o movimento.

As mangas do capote alentejano são meio soltas, para facilitar o movimento.

Os tons da pele de raposa combinou na perfeição com o tom rosa do capote alentejano

Os tons da pele de raposa combinou na perfeição com o tom rosa do capote alentejano

Pronta para bailar na feira nacional do cavalo

Pronta para bailar na feira nacional do cavalo

Olé!

Olé!