Anna Wintour, a toda poderosa da Vogue, foi minha escolha hoje para uma ilustração de moda, pois é impossível pensar no mundo da alta-costura sem citar o nome dela e eu como ilustradora ( e sonhadora! 🙂 ) espero ser eu a escolhida um dia para ilustrar a capa da famosa revista ( Ainda bem que sonhar é grátis! 😉 )

Pelo que tenho lido sobre o assunto, ela começou a trabalhar na revista em 1988, foi inspiração para o filme “O Diabo veste Prada”, gosta de peles e está sempre elegante com seus estilosos óculos escuros e corte de cabelo clássico.

Dizem também que Anna Wintour tem um gênio difícil e personalidade forte, que é uma pessoa muito frontal e às vezes áspera. Eu não tenho por hábito julgar a índole de ninguém, ainda mais sem conhecer pessoalmente… mas, hoje julgo o seu trabalho que a mim agrada muito! Tenho acompanhado a Vogue (principalmente a versão portuguesa, mas de vez em quando acompanho também as edições brasileira e americana) e gosto muito do formato da revista, das dicas e principalmente das belíssimas fotografias! O que encanta-me é o aparato, ou seja, as fotos em cenários fantásticos, entre paredes ou ao ar livre, penso que a envolvência valoriza enormemente o look e os modelos. Eu perco horas e horas admirando…procurando inspiração para os meus trabalhos artísticos.

Não é por acaso que Anna Wintour virou referência no mundo da moda. Penso que ela teve que adoptar uma postura dura e disciplinada para chegar até onde chegou e vencer! Acredito que quem vira Celebridade desperta muitas paixões mas também alguns ódios.

Espero que tenham gostado da minha ilustração de moda! beijinhos a todos

Anna Wintour e sua marca registrada, óculos escuros  (será Chanel?)  e corte clássico de cabelo

Anna Wintour e sua marca registrada, óculos escuros (será Chanel?) e corte clássico de cabelo